Paradoxos e o medo do desconhecido

   Você provavelmente já parou pra pensar na grandiosidade do universo, nas coisas que parecem ínfimas num conceito de cotidiano mas na verdade poderiam sugar o nosso planeta ou sucumbir a nossa atmosfera, essas ”coisas” que são existentes e muito comuns como bolas de gás, corpos gigantes e perfeitamente torneados, luzes intocáveis que cegam e até mesmo o ”nada”, o abstrato.

            Podemos começar com o mais comum como o vento e divagarmos até buracos negros ou matéria escura, existem coisas no universo que nossa geração nunca vai chegar a imaginar, mas as vezes é desesperador pensar que somos menores que um grão de areia nesse grande universo, se é que na palavra universo pode caber tudo o que conheçemos e desconheçemos.

            Agora vamos aos paradoxos!

            ”Paradoxos são raciocínios em que uma ideia se opõe a outra, basicamente contradições.” Aqui vou mostrar um exemplo de paradoxo muito famoso presente no filme De Volta ao Futuro.

De Volta ao Futuro é um filme de 1985 em que ocorrem várias viagens no tempo que se classificam como Paradoxos Temporais, um desses paradoxos é o paradoxo do avô, que consiste basicamente em que você volte ao passado e mate o seu avô, impedindo assim que seu pai nasça e que você exista, mas nesse caso, como você conseguiria voltar ao presente se você não existe? Eis a dúvida!

Imagine se esses paradoxos fossem comuns, tudo o que conhecemos seria excluído do disco rígido? Amar astronomia e ter medo de viajar pelo espaço é um paradoxo? São várias questões que tomariam noites em claro refletindo sobre o medo do desconhecido.

BOOTSTRAP

                Não encontrei melhor exemplo que o protagonista da lenda urbana ”Jhon Titor” e o filme Donnie Darko para falar sobre os loops (bootstrap). Você já pensou ”se eu levasse meu celular pro passado, eu ia ser uma celebridade?” ou ”E se eu voltasse no tempo e pegasse os números da megasena…”, se algo do tipo fosse possível, uma grande catástrofe poderia acontecer, imagine alguem portando uma arma de fogo em uma luta de gladiadores ou uma calculadora no tempo de pitágoras?

                Esses casos são exemplos do paradoxo de Bootstrap, que consiste em que uma informação seja mandada ao passado, fazendo com que a mesma tenha seu início concreto alí no seu destino, imagina que loucura o mundo seria. Enfim, esses são 2 exemplos de paradoxos que na teoria são fascinantes, mas na prática seriam o próprio caos.

                E por fim, pra quem quiser se familiarizar mais com os paradoxos irei recomendar alguns filmes que vão explodir a sua cabeça:

  • Donnie Darko (2001)
  • De Volta ao Futuro (1985)
  • Exterminador do Futuro (1985)
  • Efeito Borboleta (2004)

Fontes

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.