Morte de Leon Lederman

 Físico vencedor do Prêmio Nobel falece aos 96 anos depois de ser obrigado a vender medalha por $765.000 para pagar contas médicas.

Este texto é uma tradução do: https://www.independent.co.uk/news/science/leon-lederman-death-nobel-prize-sell-physicist-higgs-boson-god-particle-medical-bills-a8569761.html

O cientista foi gratificado por “extraordinárias contribuições para a compreensão das forças básicas e partículas da natureza”.

Morre aos 96 anos, o físico experimental que ganhou o Premio Nobel pelo seu trabalho inovador sobre partículas subatômicas.

Leon Lederman cunhou o termo “Partícula de Deus”, uma breve descrição do, até então teórico, Bóson de Higgs, no título de um livro de 1993.

Suas descobertas se provaram cruciais na identificação da partícula subatômica que explica a matéria ter massa em 2012.

Em 1988, o cientista foi premiado com o Prêmio Nobel da Física pela sua parte na descoberta de outra partícula subatômica, o neutrino muônico.

Mais tarde, o cientista americano leiloou sua medalha de ouro por $765.000 (₤665.000) para ajudar com suas contas médicas após ser diagnosticado com demência.

Ele morreu na ala de enfermaria na cidade de Idaho em Rexburg, em uma quarta-feira, disse Ellen Carr Lederman, sua esposa de 37 anos.

“O que ele realmente amava eram as pessoas, tentando educá-las e as ajudando a entender o que elas estavam fazendo na ciência” ela disse.

Dr. Lederman era visto como um gigante em seu campo, tendo uma paixão por compartilhar ciência.

“Ele fez contribuições extraordinárias para a compreensão das forças básicas e partículas da natureza” disse Michael Turner, professor na University of Chicago. “Porém ele também foi um líder muito à frente do seu tempo na educação de ciências. Servindo como embaixador pela ciência ao redor do mundo, e transferindo benefícios de pesquisa básica para o bem nacional.”.

Dr Lederman dirigiu o Laboratório Nacional de Acelerador da Universidade de Fermi (Fermi National Accelerator Laboratory – Fermilab) de 1978 a 1989.

Dr Lederman estava em Nova York em 1922, onde seu pai operava um lavanderia manual. Ele conquistou a graduação em química no City College of New York em 1943 antes de servir por três anos nas forças armadas dos EUA durante a Segunda Guerra Mundial.

Em 1951 ele completou seu PhD em física de partículas na Columbia University, onde começou a fazer suas descobertas envolvendo partículas subatômicas.

“Leon Lederman providenciou a visão científica que permitiu ao Fermilab permanecer no topo da tecnologia por mais de 40 anos” disse Nigel Lockyer, atual diretor do Fermi National Accelerator Laboratory.

A Sra. Lederman disse que seu marido frequentemente trabalhava enquanto estava de férias em Idaho, onde ele comprou um rancho com seus ganhos no Prêmio Nobel. Mas ele também gostava de esquiar e andar de cavalo.

“Eu tinha de aprender a esquiar; ele tinha de aprender a montar a cavalo” disse sua esposa. “E ele tinha de cavalgar muito mais do que eu tinha que esquiar. Isso foi um bom negócio. Ele era um bom piloto.”

Dr Lederman foi o segundo laureado vivo a vender uma medalha de ouro do Prêmio Nobel.

Após o leilão em 2015, sua esposa disse que ele aproveitou sua premiação, mas “achou que era hora de mais alguém que compartilha do seu amor pela ciência desfrutar da medalha”.

Ele decidiu vender a medalha na esperança de que as pessoas entendessem a importância da Física.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.