A Turbulência Da Regularidade

Teoria do caos… É possível ? O verdadeiro caos não deveria se dar pela ausência de teoria? Bom talvez essa seja a análise matemática que melhor comprova a ideia de que pequenas diferenças podem alterar todo um resultado. Mas o que é a teoria do caos, e o que isso tem a ver com borboletas?

Apesar da teoria do caos ser entendida de forma equivocada na grande maioria das vezes, ela é de extrema importância para várias áreas da ciência. Embora o nome caos sugira algo anormal e fora do controle, ele nada mais é do que o estudo que envolve sistemas dinâmicos altamente dependente de suas condições iniciais. Um exemplo notável , seria com a aplicação em pêndulos dinâmicos, no qual uma simples alteração de 0,00001 cm, poderia alterar totalmente o seu trajeto.

Edward Norton Lorenz, meteorologista, matemático e filósofo estadunidense

Comecemos a história em 1961, quando o físico Edward Lorenz estudava modelos climáticos e fazia uma simulação da terra levando em consideração fatores como vento e temperatura, mostrando como o clima mudava por dia, ao longo do ano. Entretanto ao tentar recriar a simulação ele resolveu cortar caminho desprezando as condições iniciais, logo, suas simulações divergiam drasticamente de suas previsões. Depois de muito insistir no caso, ele checou os dados impressos no cartão de memória, e observou que os números tinham três casas decimais, entretanto, os números na memoria do computador tinham 6 casas decimais.

Essas 6 casas decimais foram o suficiente para causar uma diferença nas simulações. Como cada previsão depende da temperatura do dia anterior, um dia após o outro, as pequenas diferenças se acumulam e em pouco tempo , essa diferença era o suficiente para os resultados se tornarem imprevisíveis. Lorenz descobriu que o que ele observava não se restringia somente as suas previsões, mas podia explicar que em muitos sistemas, uma diferença tão pequena nas condições iniciais pode provocar grandes consequências a posteriori, ou segundo sua analogia supracitada na cultura pop, “O bater de asas de uma borboleta no Brasil, poderia provocar um furacão no Texas”. Vale ressaltar, É SOMENTE UMA ANALOGIA.

Esse fator nos mostra porque é quase impossível ter uma exata previsão do tempo (e demonstra a raiva que sentimos quando o jornal nos diz que será um dia de sol e na verdade vai cair o verdadeiro dilúvio).

Segundo o escritor James Gleick , e o Dr em biologia Átila Lamarino, esse sistema não aleatório e imprevisível é chamado de estocástico (ou para mim acumulador). A questão é que passado, presente e futuro podem se encaixar na descrição de caótico. Cada novo dia em nossa vida depende do dia anterior, compondo novas interações e histórias que podem influenciar o dia que o sucede. Imagine uma ocasião passada, uma virada de esquina, 20 minutos de atraso, um esbarrão na fila do banco, se isso acontecesse de forma diferente, todo seu futuro poderia ter sido alterado, e talvez seu presente seria totalmente diferente do que conhece. Como é visto em filmes e jogos como “Efeito Borboleta”, ou “Life is Strange”, o que acontece conosco é resultado de um número infinito de interações, e cada pequena mudança, muda toda a sequência de acontecimentos. É esse processo de resultados imprevisíveis que produz organismos vivos, como a raça humana. Em todos os seres vivos há uma variabilidade genética, determinada por divisões celulares que acontecem no nosso organismo a todo momento, é essa divisão acumulada e essa variabilidade que tornou possível a evolução e a diversidade de espécies do planeta, sem falar dos eventos pós Big-Bang, em que a aleatoriedade de átomos recém nascidos, em um universo recém nascido, originou todos os corpos celestes. Portanto, sem querer deixar sua mente um caos, tome cuidado com as escolhas que faz no presente, nunca se sabe quando você pode mudar o destino da raça humana.

DICA DE LIVRO: Para escrever esse texto precisei da ajuda de alguns livros, se você gosta de ler e quer saber mais sobre as pesquisas de Lorenz ou análises matemáticas mais aprofundadas, aconselho. O Primeiro é o livro “Chaos  Making A New Science”, é uma excelente leitura para quem quer se aprofundar nesse assunto tão extenso. O segundo é “50 Ideias De Matemática Que Você Precisa Conhecer”  livro bastante didático que faz um apanhado de 50 estudos, teoremas ou experimentos matemáticos, no qual tem um capítulo destinado somente ao estudo do caos.

Comentários

Um comentário em “A Turbulência Da Regularidade”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.