Dieta Digital

Quem me acompanha, seja por onde for, sabe bem que eu tenho recorrentemente diminuído minha presença em redes sociais e usos gerais de internet. E quanto mais eu tiro mais sinto que posso tirar. Ainda mais agora que conheci pessoas que vivem tranquilamente sem o uso dessas redes sociais gerais. O Facebook tem sua utilidade social com os mais próximos, o twitter é um ótimo lugar para falar qualquer coisa, e por aí vai. Mas todos tomam um tempo.

Eu, durante toda minha graduação, foquei em fazer meus estudos pelo notebook. Milhares de pdfs todos vistos pelo notebook. Se não tem energia elétrica eu não estudo. E assim fico até hoje. Tento evitar papel para evitar esse gasto grande de papel, para evitar peso na mochila e para evitar gasto de impressão, afinal. Porém também atualmente tenho trabalhado praticamente em casa durante o mestrado. De forma que carregar já não é um problema, pois é tudo em casa quase. E vejo cada vez mais meu precioso tempo sendo perdido em redes sociais de forma besta. Já resolvi muito de todos esses vícios gastos, inclusive até estou revendo certas leituras minhas, livros que sinto que não agregam em nada.

Mas percebi que ao menos para mim essa batalha só será vencida quando eu desligar esse notebook que toma meu tempo e funciona como o vício de escapada a todo o momento, tirando atenção dos estudos sendo essa forma de prazer instantâneo em checar notificações (ah, bons tempos de orkut sem notificações).

Então é isso, imprimir as coisas, usar papel. Talvez até ecologicamente seja melhor usar papel do que ficar gastando tanta luz assim. Talvez seja um visão errada do futuro essa vida sem papel. Talvez o ideal seja um equilíbrio. Por mais tecnológico que sejam os dispositivos só mesmo o papel para te dar todas as páginas que precisa num alcance tão rápido assim. Marcações de páginas, post-it, orelhas, tudo. São métodos dinâmicos otimizados. Para uma leitura linear de um livro, onde não fico voltando em páginas, seja mais interessante, mas para uma leitura de consulta ? Uma leitura que é ideal fazer comentários complexos ? Usando física como vou escrever equações na tosca caixa de comentários do programa de leitura de arquivos ? Ou no Kindle ? Inclusive equações não se adaptam bem em ebooks.

Usemos todos folhas recicladas. Eu já as uso para escrever. Quem sabe também tinta reciclada ou algo assim. E claro, imprimir coisas que venham a ser usadas e não descartadas de imediato. Sem essa vida de jogar fora.

Guilherme Vieira, adora fazer anotações com a Pentel 0.3 dele


Quer se manter atualizado ? Assine a newsletter: https://goo.gl/GZrrNe

Apoie o meu trabalho: https://apoia.se/sechat


3 comentários sobre “Dieta Digital

  1. Esse texto veio em ótimo momento.
    Estou na mesma situação, inclusive, me desligando do trabalho para me dedicar ainda mais aos estudos.
    Obrigado por compartilhar esses momentos inspiradores.

    Curtir

  2. Achei interessante esse texto pois me identifiquei muito com ele. Sempre me acostumei a estudar usando papel caneta e livros e nada de PDFs, notebooks etc.., enquanto boa parte dos meus colegas sempre são mais tecnológicos e as vezes até me ‘zoam’ por ser um pouco atrasado rsrs. E para fazer cálculos de física matemática nunca trocarei o papel e caneta por computadores.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s