Rodrigo Constantino e a paranoia esquerdista na Mecânica Quântica

Ontem eu me preparava da para iniciar algum projeto, pensando em falar de todo o exoterismo envolvendo a mecânica quântica, fazendo uma crítica construtiva e educativa aos problemas das abordagens exageradas que dão para ela, como cura quântica, leitura de pensamentos e até poderes à moda Jean Grey dos X-Men. Mas para minha surpresa conseguiram, antes mesmo de eu realizar a pauta, associar o estudo quântico à esquerda, ou ao marxismo, ou algo parecido.

Além do Instituto Liberal, o site do texto em questão não surpreendentemente é do economista Rodrigo Constantino, ex-colunista da Veja, e autor da controversa lista negra de artistas de esquerda, que serve mesmo para separar a população brasileira e nada mais, como se pode ver nesse joguinho educativo sobre a sociedade.

Neste artigo no site pessoal e na página do Instituto Liberal, sem qualquer pudor e munido de ignorância científica ataca toda a pesquisa em quântica realizada posteriormente aos nomes famosos que ele denomina no site. Pesquisa essa desenvolvida em boa parte por países dos mais liberais que existem.

Acontece que é usado um argumento extremamente problemático por ter conservadorismo e ignorância admitidos intrinsecamente no argumento. Julga a física newtoniana como a correta, por ser exata e todo o estudo quântico como “extrapolações indevidas de descobertas de cientistas como Einstein, Heisenberg, Schrödinger, Planck”. Um argumento que o próprio percursor de toda a física quântica, Max Planck, usou contra si quando propôs que a luz poderia ser transmitida por quanta de energia em vez de uma onda contínua, para explicar a radiação de corpo negro. Era uma extrapolação absurda demais, que negava Newton e era ousada demais para alguém “de currículo” defender. O conservadorismo também existe na ciência, o que não é um crime. Em seguida o jovem revolucionário Einstein inovou o conceito recebendo um nobel por essa ideia louca que negava Newton.

Numa sequência lógica vieram vários cientistas, usando e desenvolvendo as teorias quânticas para explicar os mais diversos fenômenos, desde o funcionamento de átomos ao funcionamento de estrelas, juntamente com a teoria da relatividade (essa surpreendentemente não atacada, talvez viagens no tempo estejam “ok” para o paladar do autor). A mecânica quântica, desenvolvida pelo mesmo método científico que criou a física clássica, se aperfeiçoou até ter aplicação tecnológica rendendo diversas tecnologias como o celular, computadores, etc.

Ignorância científica, talvez culpa até dos cientistas e sua precária divulgação, permitindo que até mesmo um economista despreze não apenas uma das teorias com resultados mais precisos já produzidos. Talvez ele esteja realmente baseando todo o conhecimento em quântica nos diversos textos exotéricos de física quântica, feitos por pessoas sem qualquer credibilidade no assunto. Mas sendo isso, talvez ele devesse pesquisar melhor na wikipedia antes de escrever.

Em considerações finais ele ainda diz que a quântica “‘harmoniza’ com o uso de drogas”, eu nem álcool bebo, “o indivíduo é uma ilusão”, eu ainda procuro isso nos meus livros falando sobre spin, e “justificativa racional para a irresponsabilidade e o ateísmo”. Essa última pode ser conferida na verdade ao próprio método científico, que preza pelo agnosticismo, embora não o obrigue. Na verdade, acho que conheço mais cristãos mexendo com mecânica quântica do que o contrário. Eu não entendi a irresponsabilidade, sinceramente. O lado bom é: os resultados obtidos estão alheios do que acham ou não deles.

Guilherme Vieira, querendo tacar lenha na fogueira, lembrando dos operadores quânticos do Antigo Testamento, os de criação e aniquilação.

Ps: Como o artigo foi excluído, pode ser visto aqui, ou aqui pelo cache.


Quer se manter atualizado ? Assine a newsletter: https://goo.gl/GZrrNe

Apoie o meu trabalho: https://apoia.se/sechat

 


Um comentário sobre “Rodrigo Constantino e a paranoia esquerdista na Mecânica Quântica

  1. É lastimável que a área que tanto amamos seja atacada por pessoas ignorantes (ou que se dizem ser) um dia desses até vi uma terapia de ondas gravitacionais! Seria realmente interessante se passássemos todos os cursos de cura quântica, poderes fantasiosos e coisas do tipo passarem pelo verdadeiro método científico.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s